A GNR desmantelou uma rede de tráfico de droga que operava em vários concelhos do distrito de Aveiro, tendo detido cinco pessoas, com idades entre os 20 e 35 anos, informou esta quarta-feira aquela força militar.

Em comunicado, a GNR refere que a operação policial realizada na última madrugada foi desencadeada na sequência de uma investigação, que durava há seis meses, pelo crime de tráfico de estupefacientes.

De acordo com a investigação, os suspeitos, quatro homens e uma mulher, traficavam canábis e haxixe nas zonas de Anadia, Águeda e Aveiro, com "uma grande incidência em festas".

Os suspeitos combinavam encontros através do telemóvel com os consumidores, para efetivarem a venda do material, sendo o canábis cultivado nas residências dos suspeitos e o haxixe adquirido na zona do Grande Porto", refere a mesma nota.

No decorrer das diligências policiais, foram realizadas seis buscas domiciliárias, cinco buscas em veículos e uma num estabelecimento, tendo sido apreendidas 500 doses de haxixe, 24 doses de liamba e 13 pés de canábis.

Foram ainda apreendidas duas estufas e diverso material relacionado com o cultivo, três balanças de precisão, duas viaturas, um motociclo, duas armas de 'airsoft' e 200 euros em dinheiro.

Ainda de acordo com a GNR, os detidos têm antecedentes criminais por crimes de roubo e tráfico de estupefacientes.

. / HCL