A GNR deteve em Miranda do Douro um homem de 26 anos por não respeitar a medida de confinamento obrigatório que lhe foi decretada pela autoridade de saúde pública naquele concelho do distrito de Bragança, indicou esta segunda-feira fonte policial.

O homem encontrava-se infetado pela Covid-19 e circulava na via pública naquele concelho, tendo sido detido pelas autoridades por não respeitar o confinamento obrigatório", disse à Lusa fonte da GNR.

A GNR dá conta de que, na sequência da informação de que um homem estaria a circular na via pública, infringido o seu dever de confinamento obrigatório, "os militares da Guarda detiveram o homem pelo crime de desobediência e propagação de doença" naquela cidade.

A GNR tem levantados vários autos de contraordenação por incumprimento da obrigatoriedade do uso de máscaras ou viseiras em estabelecimento comerciais no concelho de Miranda do Douro", indicou a mesma fonte.

Segundo o último boletim da Unidade Local de Saúde (ULS) do Nordeste, emitido na sexta-feira, no concelho de Miranda do Douro há 32 casos de Covid-19 ativos.

O Comando Territorial de Bragança indicou que irá intensificar a vigilância e fiscalização do cumprimento dos deveres impostos pelo regime contraordenacional em vigor relativos as medidas de contenção da Covid-19.

Portugal contabiliza pelo menos 1.660 mortos associados à Covid-19 em 46.512 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

/ CE