A GNR anunciou hoje a detenção de 10 pessoas, com idades entre 22 e 49 anos, por suspeita de tráfico de droga e posse de armas proibidas, em Seia, no distrito da Guarda.

Em comunicado, o Comando Territorial da GNR da Guarda refere que os suspeitos foram detidos no domingo, por elementos do Destacamento Territorial de Gouveia, na sequência de dois inquéritos que decorriam há cerca de seis meses.

Na sequência da investigação, os militares cumpriram 20 mandados de busca, tendo realizado onze buscas domiciliárias e nove não domiciliárias, em várias localidades do concelho de Seia.

Durante a operação, a GNR apreendeu sete viaturas, 19 plantas de canábis, cinco doses de haxixe e três de cocaína, dois frascos de metadona, 25 telemóveis, duas pistolas de 'airsoft', uma arma pressão de ar, uma pistola de alarme, uma espingarda, duas armas brancas, um 'tablet', um computador, duas balanças de precisão e 342 peças de vestuário e de calçado alegadamente contrafeitas.

Os detidos, seis homens e quatro mulheres, com antecedentes criminais pelos crimes de tráfico de droga e detenção de arma proibida, serão presentes na terça-feira ao Tribunal Judicial de Seia para primeiro interrogatório judicial e aplicação de eventuais medidas de coação.

A guarda empenhou na operação militares de vários postos territoriais, da Secção de Informações e Investigação Criminal, do Grupo de Intervenção de Operações Especiais, do Grupo de Intervenção de Ordem Pública, do Grupo de Intervenção Cinotécnico e da Unidade de Intervenção, num total de 124 homens e nove binómios.