A GNR deteve dois homens e uma mulher em Vieira do Minho, distrito de Braga, por crimes de ameaças e extorsão, num processo que terá começado nas redes sociais, anunciou esta segunda-feira aquela força de segurança.

Em comunicado, a GNR refere que a mulher terá “aliciado”, através das redes sociais, um homem de 30 anos, e pediu-lhe cerca de mil euros para o alegado processo de divórcio por que estaria a passar.

O homem acabou por lhe dar o dinheiro, mas pouco depois foi contactado pelo alegado marido da suspeita, que o ameaçou de morte e lhe exigiu cerca de 4.000 euros para não concretizar a ameaça.

No esquema colaborou um outro homem, igualmente detido.

Os detidos, com idades entre os 26 e os 32 anos, foram constituídos arguidos e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Vila Verde.

/ CE