A GNR deteve, no concelho da Covilhã, um homem de 38 anos, suspeito de agredir e ameaçar de morte a namorada, a quem chegou a apontar uma arma branca ao pescoço, anunciou aquela força policial.

Em comunicado enviado à agência Lusa, o Comando Territorial da GNR em Castelo Branco refere que a detenção foi efetuada na quinta-feira, por militares do Posto Territorial de Tortosendo.

No âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o agressor exercia reiteradamente violência física e psicológica, através de agressões, ameaças de morte e ofensas verbais sobre a vítima, sua namorada de 46 anos, com a qual manteve uma relação durante cerca de um ano", refere a informação.

Segundo a GNR, no decorrer das diligências policiais, também foi possível apurar que o agressor chegou a tentar estrangular a vítima, "tendo ainda apontado uma arma branca ao seu pescoço".

Num dos últimos episódios de violência, o suspeito revelou um comportamento possessivo e controlador, agredindo-a novamente, injuriando-a e embatendo com a cabeça da vítima contra o veículo, levando-a a solicitar de imediato auxílio aos militares da GNR", acrescenta.

O suspeito foi detido e presente a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial da Covilhã, onde lhe foram aplicadas as medidas de coação de afastamento da residência da vítima e proibição de a contactar por qualquer meio ou forma, sendo controlado por pulseira eletrónica.

/ MJC