A GNR deteve em Penafiel um homem de 31 anos por violência doméstica contra os seus pais, informou esta sexta-feira o Comando Territorial do Porto.

No âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) da GNR apuraram que o suspeito, nos últimos três anos, adotou um comportamento violento contra as vítimas, seus pais, de 56 e 48 anos.

O agressor, consumidor frequente de bebidas alcoólicas e droga, insultava e ameaçava de morte as vítimas, frequentemente, com recurso a armas de fogo, exigindo-lhes quantias de dinheiro para suportar os seus vícios, praticando ainda atos de vandalismo na habitação dos pais, deixando-os num estado de medo e de pânico, levando-os a temer pelas suas vidas, pormenorizou a Guarda.

O agressor foi detido e presente a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal de Penafiel que decretou como medidas de coação a proibição de contactar com as vítimas por qualquer forma ou meio, entre outras, passando a ser controlado por pulseira eletrónica.

/ JGR