A GNR identificou, na terça-feira, em Benavente, no distrito de Santarém, um homem de 51 anos por posse ilegal de aves exóticas em cativeiro, tendo detetado 13 exemplares sem declaração ou registo.

Em comunicado, o Comando Territorial de Santarém da GNR afirma que militares do Núcleo de Proteção Ambiental do Destacamento Territorial de Coruche detetaram, no decorrer de uma ação policial de prevenção e proteção ambiental, nove periquitos dorso-vermelho (Psephotus Haematonotus), dois lóris (Lorius Chlorocercus) e duas roselas (Platycercus Eximius) em cativeiro no anexo de uma residência.

Segundo a GNR, o homem não possuía qualquer declaração ou registo da Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Fauna e da Flora Selvagem Ameaçadas de Extinção (CITES) para a posse das aves, tendo sido alvo de um auto de notícia por contraordenação, numa infração punível com uma coima máxima de 10.000 euros.