Dois homens vão aguardar julgamento em prisão preventiva e uma mulher com Termo de Identidade e Residência (TIR) por roubo de veículos, em lojas e por condução sem habilitação legal em Arcos de Valdevez, informou esta segunda-feira a GNR.

Em comunicado enviado às redações, o Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo explicou que os suspeitos, “com antecedentes criminais em ilícitos da mesma natureza”, têm idades entre os 21 e os 33 anos.

Os três suspeitos foram detidos na sexta-feira e presentes a um juiz, para primeiro interrogatório, no sábado, no tribunal judicial de Arcos de Valdevez, no distrito de Viana do Castelo.

No decurso da ação desenvolvida pelo Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Arcos de Valdevez os militares da Guarda Nacional Republicana “localizaram os suspeitos quando seguiam numa das viaturas furtadas”.

Ao se aperceberem da presença da GNR, os suspeitos colocaram-se em fuga, tendo sido intercetados posteriormente pelos militares da GNR”, refere a nota.

Durante a operação policial, “foi ainda efetuada uma busca domiciliária, culminando na apreensão de diverso material associado aos ilícitos praticados”.

Entre o material recuperado pelos militares da GNR encontram-se “cinco veículos, diversas chaves de veículos, documentos provenientes dos furtos, máquinas furtadas em estabelecimentos comerciais e 83 euros em numerário”.

As “viaturas apreendidas foram entregues aos legítimos proprietários”.

A operação permitiu ainda apurar que “o condutor da viatura furtada não possuía habilitação legal para conduzir”.

/ AG