Mais de 1.400 condutores foram apanhados em excesso de velocidade pela GNR durante o fim de semana, numa operação de reforço da fiscalização a este tipo de infração em todo o país, indicou a corporação, nesta segunda-feira.

Num comunicado de balanço da operação “viajar sem pressa”, a Guarda Nacional Republica adianta que os militares controlaram, no sábado e domingo, um total de 41.060 veículos, dos quais 1.434 circulavam em excesso de velocidade.

A GNR intensificou o controlo ao excesso de velocidade, durante o fim de semana, nas estradas de todo o país onde esta infração representa uma “risco acrescido de acidentes de viação”, tendo utilizado todos os seus equipamentos móveis e fixos.

Na operação estiveram mobilizados militares dos destacamentos de trânsito dos comandos territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito.

A GNR controlou a velocidade a mais de três milhões de condutores desde o início do ano, dos quais cerca de 59 mil circulavam em excesso.

Esta força de segurança refere ainda que vai continuar, ao longo do ano, a intensificar as ações de controlo de velocidade no sentido de prevenir e reduzir o número de mortos em acidentes rodoviários, uma vez que este tipo de infração é apontada como a principal causa da sinistralidade rodoviária grave.