Um militar da GNR do Carvoeiro foi agredido, no passado sábado, por dois homens quando respondia a uma ocorrência para terminar com uma festa que decorria numa casa durante o Estado de Emergência.

A TVI24 sabe que a GNR foi chamada ao local por vizinhos que se aperceberam que uma festa com mais de dez pessoas estava a decorrer.

Quando os militares chegaram ao local, depararam-se com várias pessoas embriagadas e acabaram por ser agredidos quando tentavam terminar com a festa.

Um dos militares foi agredido com uma garrafa de vidro, tendo de ser assistido no hospital de Portimão, onde foi suturado com quatro pontos.

Segundo fonte da GNR de Faro, que confirmou a agressão à TVI24, "o militar foi suturado e encontra-se bem".

O suspeito e o pai do suspeito foram detidos e posteriormente colocados em liberdade.