Elementos da GNR apreenderam 46 mil cigarros "por introdução irregular no consumo", na passada sexta-feira, na fronteira de Monte Francisco, em Castro Marim, no distrito de Faro.

A apreensão foi feita "no decorrer da uma ação de fiscalização rodoviária, a qual teve especial incidência no transporte de mercadorias e no transporte coletivo de passageiros", refere o comunicado da GNR enviado à TVI24.

Os militares identificaram três homens e uma mulher, com idades compreendidas entre os 41 e os 48 anos, que transportavam tabaco dissimulado em malas de viagem e que haviam sido introduzidos em território nacional de forma ilegal", adianta o comunicado.

De acordo com a GNR, "o' valor da mercadoria apreendida ascende a 9 400 euros, o que se traduz em mais de 7 500 euros de Imposto Especial de Consumo não declarados ao Estado".

Decorrente da ação foram ainda elaborados quatro autos de contraordenação por introdução irregular no consumo", concluiu o comunicado da GNR.