A GNR fez, este domingo, um balanço “muito positivo” da peregrinação internacional ao Santuário de Fátima, onde foi registada uma “enorme enchente”, disse à agência Lusa o comandante do Destacamento de Tomar.

Houve uma adesão enorme de peregrinos nos dias 12 e 13, com a lotação completamente esgotada em Fátima”, afirmou o capitão Carlos Canatário.

Segundo este responsável da GNR, em resultado desta enchente “no dia de hoje registaram-se complicações de congestionamento no tráfego rodoviário, mas apenas à saída de Fátima”, porque “as pessoas quiseram sair todas ao mesmo tempo, pelas 13:00, após as celebrações religiosas”.

Além disso, “houve muita gente a procurar sair da cidade de Fátima pela autoestrada 1”, adiantou Carlos Canatário, assinalando ainda que, a complicar o trânsito, ocorreram avarias em dois autocarros, uma na avenida João XXIII, junto ao nó da autoestrada, e outra na avenida Beato Nuno.

Registámos ainda pequenos acidentes, apenas com danos, que complicaram, também, a possibilidade de descongestionarmos o trânsito”, referiu o comandante do Destacamento de Tomar da GNR, admitindo que o recital de ação de graças pelo Centenário das Aparições, com o tenor Andreia Bocelli, esta tarde, que juntou cerca de dez mil pessoas na Igreja da Santíssima Trindade, também “dificultou o fluxo de saída de trânsito”.

De acordo com Carlos Canatário, a GNR registou, até às 18:00 de hoje, “três acidentes com danos menores e sete pessoas perdidas, mas que já foram entregues aos grupos que integravam.

Há ainda três furtos de veículos”, referiu, ressalvando que este dado carece de confirmação porque, eventualmente, os automobilistas podem não se recordar onde estacionaram as viaturas.

Durante os dois dias da peregrinação, a GNR recebeu duas queixas por furto de carteira, havendo ainda cinco casos de extravio de carteira, tendo havido a recuperação de documentos que foram extraviados.

Foram também encontrados dois cães perdidos, mas, através do respetivo chip de identificação, foi possível contactar os respetivos donos e fazer a entrega dos animais de companhia”, acrescentou o capitão.

A peregrinação internacional aniversária de maio ao Santuário de Fátima, no distrito de Santarém, foi presidida pelo cardeal John Tong, bispo emérito de Hong Kong.

As cerimónias começaram às 18:30 de sábado, na Capelinha, e três horas mais tarde foi recitado o terço, seguido da procissão das velas e missa.

As cerimónias religiosas, um ano após a visita do papa Francisco, a canonização de Francisco e Jacinta Marto e o Centenário das Aparições, terminaram hoje com missa, bênção dos doentes e "procissão do adeus".

Dados do santuário indicam que estiveram este domingo no recinto de oração cerca de 300 mil peregrinos.

Pelas estradas em direção a Fátima caminharam cerca de 37 mil, de acordo com a instituição.