Já foi detido o homem que fugiu, esta quinta-feira, de um carro da GNR, quando já estava algemado. O homem tinha sido detido depois de ter sido apanhado a traficar droga no Bairro do Asilo, no Monte da Caparica, Almada.

Dois militares da GNR que faziam o patrulhamento neste bairro detiveram, cerca das 15:30, dois indivíduos em flagrante delito por tráfico de droga.

Uma vez que, legalmente, não podem transportar dois detidos na mesma viatura, solicitaram apoio para o transporte de um dos suspeitos.

Quando o reforço chegou, cerca de 30 populares abeiraram-se dos seis militares para gerar confusão e permitir, com aquela manobra de distração, que um dos detidos fugisse do carro, o que acabou por acontecer.

"Após ter sido efetuada a detenção, os militares da patrulha foram confrontados com um aglomerado de cidadãos, que os rodearam e começaram a injuriar, tendo havido necessidade de colocar o detido na viatura, de forma a controlar a situação. Nesse seguimento, aproveitando o empenhamento dos militares com vista a repor a ordem pública, o detido saiu da viatura policial e abandonou o local", esclareceu a GNR em comunicado.

O suspeito que fugiu "é conhecido das autoridades, pela prática reiterada e anterior do crime" de tráfico de estupefacientes, que o obrigava já a "apresentações diárias em posto policial".

A GNR esclarece, ainda, que o homem que iniciou os desacatos para distrair os militares também acabou detido.

Quanto ao fugitivo, encontra-se, ainda, no Bairro do Asilo, mas em parte incerta, estando a decorrer uma operação para localizar o suspeito.

O Bairro do Asilo, no Monte da Caparica, é considerado pelas autoridades um barril de pólvora devido ao tráfico de droga e crimes violentos. Apesar disso, o patrulhamento é feito por apenas dois militares.