A GNR não confirma que o caso da jovem de Gondomar esteja relacionado com o jogo "baleia azul". Ao que a TVI24 conseguiu apurar, militares da GNR, da patrulha Escola Segura, conseguiram identificar uma jovem, mas depois de feitas as diligências necessárias não se confirmou que o caso tivesse qualquer ligação com o jogo.

O Jornal de Notícias avança na edição desta quinta-feira que uma adolescente de Gondomar terá também sido vítima do "jogo de morte". A jovem terá vários cortes no corpo feito com um x-ato, com símbolos ligados ao jogo. O alerta terá vindo dos próprios colegas da menor.

Ao início da manhã, quando contactada pela TVI24, a GNR esclareceu que não tinha registo da ocorrência, quer no posto de Fânzeres, quer no posto de Medas. No entanto, admitiu a possibilidade do caso existir na escola de Gondomar, suspeita que não se confirmou.

Poderá existir um caso numa escola de Gondomar. A GNR está neste momento em campo, nomeadamente, com elementos da Escola Segura, para tentar averiguar a veracidade do caso”, explicou fonte da GNR.

Na quarta-feira, a PSP confirmou mais um caso de uma jovem vítima do desafio da "Baleia Azul". Em causa, está uma jovem de 14 anos que foi internada com golpes no corpo. 

Ao que a TVI24 apurou, a menor era contactada de madrugada para o telemóvel por um homem que "aparentava ter voz jovem"  e sotaque brasileiro.

O alerta foi dado por uma amiga da família, com uma filha da idade da vítima, que ao aperceber-se dos cortes e da ligação ao desafio contatou as autoridades. 

A Polícia Judiciária está a investigar o caso e em declarações à TVI deixou já vários conselhos aos pais. Esta manhã, a psicóloga Bárbara Ramos Dias explicou, na TVI24, como está a tratar dois casos de crianças que foram aliciadas

O Ministério Público tem em curso três inquéritos, nas comarcas de Setúbal, Portalegre e Faro, relacionados com o jogo “Baleia Azul”, que estimula a automutilação e o suicídio, adiantou à Lusa a Procuradoria-Geral da República.

No jogo, os jovens são compelidos a seguir 50 passos, provando que completaram cada desafio com fotografias que enviam a um "curador", que incita o jogador a cumprir os desafios.

Cláudia Lima da Costa / Notícia atualizada às 14:15