O vice-almirante Gouveia e Melo admitiu, numa entrevista à SIC, que, por vezes, os responsáveis pelos centros de vacinação propõem ideias "fora da caixa" para incentivar a população mais jovem a vacinar-se contra a covid-19.

Entre elas, está a colocação de um DJ no sistema de "Casa Aberta" de Loures e Odivelas durante o fim de semana dedicado à vacinação dos jovens de 16 e 17 anos, ou seja, nos dias 14 e 15 de agosto. Para além disto, o horário seria alargado até à uma da manhã. 

Ideia essa que o coordenador da task-force achou "interessante" e disse "claro que sim". 

Os agentes locais, e que estão na frente de batalha, às vezes propõem-me ideias que eu acho interessantes e que são fora da caixa. Essa ideia foi-me proposta e eu disse 'claro que sim'. Nós não devemos cercear estas oportunidades, de testar estas ideias, desde que não seja demasiado esdrúxula. Eu acho que é uma ideia interessante e será testada. Vamos ver se dá resultado ou não, mal não faz."

VEJA TAMBÉM:

Gouveia e Melo reafirmou a importância da vacinação dos mais jovens, explicando que com a variante Delta a imunidade de grupo poderá ser atingida não com 70% mas com 85% da população vacinada.

Portugal registou, esta quinta-feira, mais 11 mortos e 2.708 infetados por covid-19, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral de Saúde (DGS).

Cláudia Évora