Os serviços de Saúde da Madeira administraram mais de 46 mil vacinas contra a covid-19 na região entre 31 de dezembro de 2020 e domingo, informou o Governo Regional esta terça-feira.

Até ao dia 28 de março, foram administradas na Região Autónoma da Madeira, 46.037 vacinas contra a covid-19, desde o dia 31 de dezembro de 2020”, lê-se no boletim distribuído, esta terça-feira, pelo gabinete do secretário regional da Saúde do arquipélago.

No mesmo documento é referido que “as pessoas vacinadas integram os grupos prioritários definidos no Plano Regional de Vacinação contra covid-19 na Madeira, de acordo com a alocação das vacinas à região”.

Segundo a mesma informação do total de vacinas administradas (46.037), “30.426 correspondem a administração da primeira dose e 15.611 foram segundas doses da vacina”.

Na sexta-feira, começaram também a ser vacinados os utentes com trissomia 21 (59 pessoas) e “ao longo desta semana, foi dada continuidade à vacinação das pessoas com mais de 80 anos”, é acrescentado.

A secretaria da Saúde salienta também que “até ao dia 28 de março, 87% das pessoas residentes na região, com mais de 80 anos, receberam a primeira dose da vacina” e que, deste grupo, um total de 5.605 pessoas, “50,7% têm a vacinação completa”.

O Plano Regional de Vacinação covid-19 da Madeira estabelece três fases, a começar pelos grupos prioritários, ao que se seguem as pessoas com comorbilidades e, depois, o resto da população.

A estimativa aponta que sejam vacinadas 50 mil pessoas na primeira fase, outras 50 mil na segunda fase e, por fim, 100 mil pessoas.

O presidente do Governo da Madeira, Miguel Albuquerque, já afirmou publicamente que o objetivo é ter 70% da população da região, cerca de 260 mil habitantes, vacinada até o final de setembro.

De acordo com os últimos dados da Direção Regional de Saúde, a Madeira registou terça-feira mais 24 novos casos de covid-19, sendo um importado da região Norte do continente e 23 de transmissão local, e foram reportadas 35 recuperações.

Desde 16 de março de 2020, a região contabiliza 8.332 casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus, 7.783 recuperados e 71 óbitos associados à doença.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.792.586 mortos no mundo, resultantes de mais de 127 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.843 pessoas dos 820.716 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

/ NM