A ministra da Cultura, Graça Fonseca, vai estar presente na inauguração do Mental – Festival da Saúde Mental que decorre entre 1 e 23 de novembro em Lisboa e no Porto, anunciou esta terça-feira a organização do evento.

A ministra, que se fará acompanhar pelo adjunto do seu gabinete, Hugo Gonçalves, estará presente no dia 1 de novembro, pelas 21h30, no auditório da Biblioteca Orlando Ribeiro, em Lisboa. Para a inauguração, está igualmente confirmada a presença do Miguel Xavier, Diretor do Programa Nacional para a Saúde Mental da DGS, coprodutora do evento.

A programação da edição 2019 inicia-se formalmente, para o grande público, no dia 2 de Novembro e decorrerá em Lisboa e no Porto.

 

 

A edição 2019 do Mental é a terceira edição do festival que, através do cinema e outras artes, pretende alargar a discussão sobre a saúde mental. Este ano, e pela primeira vez, a mostra de cinema (21 filmes, na sua maioria curtas-metragens de ficção e documentário, mais do dobro da edição anterior) terá lugar numa sala de cinema, no Cinema City Alvalade (no Porto, serão exibidos no Auditório da Casa das Artes) e haverá uma mostra de filmes de animação, o Mental Júnior.

Os primeiros eventos do Festival Mental 2019 serão dedicados aos mais novos, com a exibição da peça de teatro Agir na Vida (companhia Sem Tábuas), às 15h00 do dia 2, no Auditório Orlando Ribeiro, em Lisboa; e Escada Acima… Escada Abaixo (companhia Unidade W+), às 17h00 no mesmo dia e local. No dia seguinte, haverá espetáculos de dança e teatro a partir das 21h30 no Auditório Orlando Ribeiro.

A mostra m-Cinema decorrerá nos dias 7, 11, 12 e 13 de Novembro em Lisboa, e nos dias 22 e 23 de Novembro, no Porto. Para a edição 2019, o Festival Mental conta pela primeira vez com uma sala de cinema para a exibição dos 21 filmes programados – o Cinema City Alvalade. No Porto, os filmes serão exibidos no Auditório da Casa das Artes.

 

 

O cartaz arranca no dia 7 de Novembro com a exibição da curta metragem Skógafoss, do realizador Niels Bourgonje, e termina no dia 13 em com Arrhythmia, documentário do realizador iraniano Habib A. Moghimi.

As m-Talks – sessões de cinema seguidas de conversas com convidados especiais – começam no dia 8 de Novembro. A primeira, em torno do tema “Burnout” e moderada por Paulo Dentinho, terá lugar às 21h00 no Cinema City Alvalade. No dia seguinte será a vez do jornalista Frederico Duarte de Carvalho moderar a m-Talk subordinada ao tema FOMO (“Fear Of Missing Out”) e, no dia 10, o ciclo completa-se com a m-Talk “Demências” moderada por Manuel Halpern.

No Porto, o Festival Mental começará no dia 22 de Novembro com uma exibição de diversas curtas metragens e documentários a partir das 18h30