A Polícia Judiciária (PJ) identificou e deteve um homem de 53 anos, suspeito do crime de homicídio qualificado da sua mãe, em Grândola, distrito de Setúbal, foi hoje anunciado. 

Conforme relata a PJ em comunicado, o homem mantinha, há dois anos, a mãe, de 82 anos, “fechada em casa e confinada ao quarto de dormir, privada de alimentos, bebida e cuidados de saúde, assistindo impávido ao degradar do seu estado, até à falência total dos órgãos vitais e consequente morte, no passado sábado”.

O detido será agora presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação, refere a nota.

Segundo noticiou, entretanto, o jornal Correio da Manhã, o suspeito ficou em prisão preventiva, depois de ter deixado “a mãe idosa morrer à fome”.

O alerta da morte terá sido dado pelo filho na tarde de sábado, refere o mesmo jornal, acrescentando que os indícios apontam “para que a mulher já estivesse morta há mais de 24 horas”.

/ Publicado por MM