O filho de um homem de 63 anos, de Guimarães, desaparecido desde 8 de janeiro confirmou, numa publicação no Facebook, que o cadáver encontrado esta quarta-feira no rio Ave é do seu pai.

O corpo foi encontrado pelas 11:00, na freguesia de Barco, Guimarães.

A Polícia Judiciária esteve a fazer perícias ao cadáver no local, onde esteve também o filho do homem desaparecido.

O corpo foi removido ao início da tarde para o Instituto de Medicina Legal de Guimarães, para autópsia.

As autoridades ainda não confirmarm oficialmente a identidade da vítima.

Um homem de 63 anos, de Creixomil, Guimarães, estava desaparecido desde 8 de janeiro. Saiu de casa na noite desse dia, de carro, alegadamente para visitar um cliente em Caldas das Taipas, e desde então nunca mais foi visto.

O telemóvel foi entretanto encontrado, mas o carro ainda não.

As autoridades chegaram a promover buscas no rio Ave, mas sem sucesso. A Polícia Judiciária continua a investigar o caso.