A PSP apreendeu, na freguesia de São Roque, em Ponta Delgada, Açores, quantidades de heroína e haxixe avaliadas em 110 mil euros e deteve "em flagrante delito" três homens suspeitos de tráfico de droga, foi hoje anunciado.

Num comunicado, o Comando Regional da PSP explica que as detenções "em flagrante delito" dos homens de 43, 22 e 20 anos ocorreram na quarta-feira, "no âmbito de uma investigação que decorre há vários meses" e que culminou com "três buscas domiciliárias na freguesia de São Roque, concelho de Ponta Delgada".

Na altura, e segundo adianta a polícia, foram apreendidas "cerca de 10.800 doses de heroína, 68 doses de haxixe, uma balança de precisão, bem como, outros artigos relacionados com o ilícito em investigação".

De acordo com a PSP, "considerando os preços praticados e o elevado estado de pureza, a droga apreendida atinge um valor de cerca de 110 mil euros".

Esta investigação pretendeu "terminar a atividade ilícita desenvolvida pelos detidos na freguesia de São Roque", os quais "distribuíam diretamente" a droga "a consumidores que diariamente ali se deslocavam para adquirir" o produto, indicou a polícia.

Os três homens, "sem ocupação profissional e já com antecedentes criminais, por suspeitas da prática do crime de tráfico de estupefacientes", foram presentes a primeiro interrogatório judicial, tendo um deles ficado em prisão preventiva.

Os restantes dois ficaram sujeitos a termo de identidade e residência, indica ainda o comunicado da polícia.

Atendendo às "elevadas quantidades de produto estupefaciente apreendido", a Divisão Policial de Ponta Delgada da PSP considera ter "restringido de forma assinalável, em toda a ilha de São Miguel, o acesso a este tipo de substância ilícita".