A Polícia Judiciária deteve um homem e uma mulher suspeitos do homicídio de um idoso em Vila Nova de Gaia, ocorrido a 11 de abril, na residência da vítima, informou esta terça-feira aquela força.

Em comunicado, a PJ acrescenta que os detidos estão também indiciados dos crimes de roubo e burla informática.

De acordo com a PJ, os detidos, juntamente com um menor de 14 anos, introduziram-se na casa da vítima, conhecida de um deles, com o propósito de lhe roubar objetos de valor e cartões bancários.

Depois de se terem apropriado de diversos artefactos em ouro e prata, relógios e telemóveis e de terem coagido a vítima, de 88 anos, a fornecer os códigos dos cartões multibanco, agrediram-na violentamente, provocando-lhe graves lesões que lhe causaram a morte", refere o comunicado.

Na sexta-feira, a PJ deteve a suspeita, de 34 anos, desempregada, a quem foram apreendidos alguns dos objetos roubados.

Presente à autoridade judiciária para primeiro interrogatório judicial, foi-lhe aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Na segunda-feira, a PJ deteve o alegado coautor, de 26 anos, desempregado, com antecedentes policiais por furto e ofensas à integridade física.

Vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.