Um homem de 43 anos foi morto à facada pela mulher, na madrugada desta sexta-feira, no interior da casa onde viviam em Beduído, concelho de Estarreja. A TVI sabe que o crime aconteceu num contexto de violência doméstica.

A Polícia Judiciária confirma que o crime ocorreu "na sequência de uma discussão entre o casal".

O alerta foi dado à Guarda Nacional Republicana (GNR) por uma vizinha às 04:00. A GNR chegou ao local "poucos minutos após a ocorrência", acrescenta a PJ.

A suspeita, de 43 anos, foi detida e encontra-se nas instalações da PJ de Aveiro a aguardar primeiro interrogatório judicial. As autoridades têm agora de perceber se foi em legítima defesa ou não.

Ao que a TVI conseguiu apurar, o único filho em comum, de 17 anos, assistiu ao crime e pediu ajuda aos vizinhos.

Quando os Bombeiros de Estarreja chegaram ao local, a vítima já estava em paragem cardiorrespiratória. O comandante, Joaquim Rebelo, adiantou que foram feitas manobras de reanimação, sem sucesso, tendo o óbito sido declarado no local pela equipa do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

O casal já estava referenciado por episódios de violência doméstica e existe um processo de 2018 no qual ambos são arguidos. 

Na casa onde ocorreu o crime, para além do marido, da mulher e do filho de 17 anos, vivia também uma outra filha, só da parte da mulher, e uma neta. 

Daniela Rodrigues Carolina Resende Matos / Atualizada às 13:43