O homem suspeito de ter assassinado a própria mãe no sábado à noite, no Pinhal Novo, concelho de Palmela, foi ouvido esta segunda-feira no tribunal de Setúbal, tendo-lhe sido decretada a medida de coação de prisão preventiva.

Segundo fontes policiais, o detido, com cerca de 50 anos, terá utilizado "objetos perfurantes" para matar a própria mãe, de 86 anos.

As circunstâncias em que ocorreu o crime, e as motivações do agressor, estão sob investigação da Polícia Judiciária de Setúbal.

O alerta para o homicídio foi dado pouco depois do meio-dia de sábado por familiares da vítima, que ficaram em estado de choque e receberam apoio de uma equipa de psicólogos do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).