Ser internado em casa pode trazer vários benefícios, aos doentes e aos hospitais. O Centro Hospitalar do Médio Tejo iniciou uma experiência em que já tratou mais de uma centena de pessoas no domicílio. Os doentes estão hospitalizados, mas internados nas suas próprias casas.

A experiência dura há 10 meses, e já consegue encontrar vários benefícios. Economicamente, é vantajoso tanto para os doentes, como para os hospitais. Os primeiros poupam nas deslocações ao hospital, enquanto os segundos têm menos gastos com a manutenção e monitorização dos doentes.

Custos de um dia de internamento convencional são muito superiores aos de um internamento em casa", explica Margarida Carmo, coordenadora do Centro Hospitalar do Médio Tejo.

Ao nível afetivo, os doentes sentem-se mais acompanhados, o que pode melhorar e tornar mais eficaz o efeito terapêutico.

Risco de infeção e risco de erro são salvaguardados [com o internamento domiciliário]", acrescenta Margarida Carmo.