Um incêndio deflagrou esta noite na unidade hoteleira em Vila Nova de Gaia, onde está instalada a equipa do FC Porto, que celebrou a conquista do campeonato.

De acordo com um responsável do hotel Solverde, em declarações aos jornalistas no local, o fogo teve origem numa tocha, que foi lançada para a garagem, acabando por danificar um automóvel.

Os hóspedes tiveram de ser retirados por precaução, uma vez que o sistema de exaustão do hotel foi desligado com o corte de eletricidade.

Com uma nuvem de fumo a sair da garagem e de um canteiro, a GNR decidiu afastar os milhares de adeptos que festejavam o título junto ao hotel.

Por precaução foi cortada a eletricidade na unidade hoteleira e o autocarro dos dragões foi retirado da frente do hotel.

No início do sinistro, à TVI24, os bombeiros da Aguda, em Vila Nova de Gaia, confirmaram estar a combater o incêndio que deflagrou no hotel Solverde, onde está alojada em estágio a equipa do FC Porto.

O incêndio ainda está ativo", indicoi um elemento dos bombeiros, logo após o início da ocorrência, sem poder adiantar mais informações.

Na página do CDOS na internet, à 1:17 de domingo, era referido estarem no local 38 operacionais e doze viaturas.

Paulo Delgado / CM