acusação

ficou provado que foi o Hugo quem disparou e não o Bertoreconstituiçãotestemunhos dos inspectoresversão relatada pelo Hugo



O Procurador pediu então ao tribunal que condenasse os três arguidos por homicídio, com penas diferentes





«Parece que no Porto somos todos uns trauliteiros»





«o tribunal não pode dar como seguro que tenha sido o Hugo a disparar. Pode ter sido ele, mas também pode ter sido o Berto»«se o Berto não tivesse morrido, a acusação diria que foi ele o autor dos disparos»