Um idoso desapareceu do hospital de Portimão no dia 10 de outubro. José João Pereira Faustino, de 73 anos, estava internado com sintomas de confusão e descompensação mental e já tinha tentado fugir algumas vezes.

Segundo a família, a unidade de saúde não alertou ninguém para o desaparecimento do doente, acabando por ser os familiares a dar pela falta de José Faustino.

Quando desapareceu, o idoso vestia calções de ganga, chinelos e possivelmente uma t-shirt azul fornecida pelo hospital, segundo a família.

A sobrinha deste homem responsabiliza o hospital pelo desaparecimento e já apresentou queixa no livro de reclamações.

O Centro Hospitalar do Algarve revelou à TVI que vai proceder a um inquérito para apuramento dos factos.