Um homem de 80 anos foi detido por suspeita da prática de vários crimes de incêndio florestal em Marinhais, concelho de Benavente, distrito de Santarém, informou a Guarda Nacional Republicana (GNR).

Em comunicado, a GNR explica que o detido vivia sozinho e, durante três dias consecutivos, com o uso de um maçarico a gás e um isqueiro, ateou vários fogos ao pasto alto e seco existente nas imediações da sua casa.

Os fogos foram apagados, ainda no seu início, pela ação direta dos vizinhos, que comunicaram os factos às autoridades.

“A investigação apurou que o detido já desde 2019 vinha cometendo idênticos e continuados delitos de fogo posto”, é referido.

O homem foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo ficado sujeito à medida de coação de prisão preventiva, a mais gravosa.

/ AM