A GNR deteve um homem de 30 anos por auxílio à imigração ilegal e três homens, com idades entre 25 e 30 anos, por permanência ilegal em território nacional, em Vilar Formoso, no concelho de Almeida.

Segundo o Comando Territorial da GNR da Guarda, os homens foram detidos na segunda-feira, através do Destacamento Territorial de Vilar Formoso, após informações recolhidas que davam conta que “vários cidadãos estrangeiros iriam entrar em Portugal através da fronteira de Vilar Formoso”.

Os militares da Guarda deslocaram-se de imediato para o local, onde surpreenderam 13 homens, de várias nacionalidades, divididos em duas viaturas distintas de transporte de passageiros”, refere a fonte em comunicado enviado à agência Lusa.

A GNR acrescenta que no decorrer das diligências policiais foi estabelecido contacto com o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), tendo sido apurado que três dos suspeitos, provenientes do Paquistão e do Bangladesh, encontravam-se em território nacional sem a devida autorização, motivo que levou à sua detenção.

No decorrer da ação, foi ainda detido um homem, de dupla nacionalidade portuguesa e paquistanesa, por auxílio à imigração ilegal”, remata.

Os detidos são esta terça-feira presentes no Tribunal Judicial de Almeida, no distrito da Guarda, para primeiro interrogatório e aplicação de eventuais medidas de coação.

Agência Lusa / CE