O incêndio florestal em Monção, distrito de Viana do Castelo, está a arder com «grande intensidade» e o combate está a ser feito com muitas dificuldades. A informação é avançada pela Lusa que cita fonte dos bombeiros locais.

«Para já, ainda não há habitações em perigo», afirmou um elemento do corpo de bombeiros de Monção, que fez a ressalva de que há edifícios nas proximidades do fogo, que pelas 16:00 era combatido por 43 homens e 17 veículos, com o apoio de um helicóptero pesado.

De acordo com informações do corpo de bombeiros de Monção, o fogo já tinha sido detectado na quarta-feira e a situação encontrava-se estabilizada na sexta-feira, tendo havido um reacendimento durante a manhã deste sábado, pelas 10:00.

O fogo está ativo numa «zona de difíceis acessos», em Pias, na estrada que vai de Monção até Arcos de Valdevez, explicou à Lusa um elemento dos bombeiros locais, havendo, também, informações acerca de um outro incêndio, este urbano, que já estará resolvido.

De acordo com a página da Proteção Civil, pelas 17:00, estavam em curso 11 incêndios florestais em todo o país, de um total de 110 desde a meia-noite.

Entre os incêndios mais significativos, está, além do de Monção, um fogo no concelho de Castelo de Paiva, no distrito de Aveiro, que mobiliza 77 homens, 16 veículos operacionais e três meios aéreos.
Redação / MM