Um incêndio deflagrou ao início da tarde, num prédio de seis andares, no Cacém. O fogo obrigou os bombeiros a retirarem 20 crianças de um infantário que funcionava no edifício, assim como levou à retirada de cinco pessoas de um cabeleireiro que funcionava igualmente no rés-do-chão.

Segundo os bombeiros de Agualva-Cacém adiantaram à TVI, o alerta foi dado às 15:20  quando as chamas deflagraram numa box, onde estava um veículo sem gasolina e já antigo. Não é ainda certo o que originou o incêndio e a Polícia Judiciária foi chamada ao local. 

Foi necessário arrombar quatro garagens e os bombeiros retiraram 15 viaturas do local. 

"Foi um incêndio muito difícil de combater", disse à TVI, o Comandante dos Bombeiros de Agualva, Francisco Rosado, que adiantou que o fogo foi extinto pelas 19:00, e que não houve feridos. 

Ao local foram 19 bombeiros e cinco viaturas dos bombeiros Agualva-Cacém.