Um incêndio deflagrou este domingo, ao final da tarde, na freguesia de Cabril, concelho de Montalegre, distrito de Vila Real, e está a mobilizar mais de duas centenas de operacionais, apoiados por meios terrestres, refere a página da Proteção Civil.

De acordo com o site da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), este incêndio no Parque Nacional da Peneda-Gerês teve alerta às 17:55 e às 23:30 continuava a ser combatido por 205 operacionais, apoiados por 65 veículos.

O incêndio tem duas frentes ativas e está a lavrar numa "zona de povoamento florestal muito íngreme e acidentada", com acessos reduzidos, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Vila Real.

A mesma fonte explicou que "não há povoações nem bens em risco" e que os operacionais no terreno estão a tentar descobrir mais acessos para combater o fogo.

Segundo o CDOS, o incêndio "está a ceder" ao combate por parte dos bombeiros.

Fogo com três frentes em Alijó

Um incêndio que deflagrou na noite de domingo na localidade de Perafita, concelho de Alijó, distrito de Vila Real, está ativo em três frentes e a ser combatido por mais de uma centena de operacionais.

O fogo, que mobiliza também 28 meios terrestres, foi detetado às 21:04 e está a consumir mato na freguesia de Vila Verde, indica informação divulgada na página na Internet da Autoridade Nacional de Proteção Civil.

O combate ao incêndio está a ser coordenado pelo comando dos bombeiros de Sanfins do Douro.

Dominado fogo no Parque Nacional da Peneda-Gerês

O incêndio que deflagrou ao final da tarde de domingo na freguesia de Cabril, concelho de Montalegre, distrito de Vila Real, foi dado como dominado às 01:22, disse hoje à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações e Socorro (CDOS) de Vila Real.

O incêndio, em fase de resolução, ainda mobilizava às 03:20 perto de duas centenas de operacionais, apoiados por cerca de meia centena de meios terrestres, segundo a página da Autoridade Nacional de Proteção Civil.

O alerta para o incêndio no Parque Nacional da Peneda-Gerês foi dado às 17:55 de domingo.

O incêndio chegou a ter duas frentes ativas numa "zona de povoamento florestal muito íngreme e acidentada", com acessos reduzidos.