Artigo actualizado às 17h22

Um incêndio está a queimar matos no lugar de Gavião do Ródão, distrito de Castelo Branco, desde as 14:29, sendo combatido por cerca de uma centena de homens, de acordo com a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC).

«O incêndio começou junto à estrada, mas agora está a ir em direcção à serra do Gavião», com acessos mais difíceis e terreno mais acidentado, mas com «os bombeiros já a tentar cortar a cabeça do fogo, junto ao Senhor da Serra», disse à Lusa a presidente da Câmara Municipal de Vila Velha do Ródão, Maria do Carmo Sequeira.

«A preocupação é evitar que o fogo chegue à aldeia de Gavião do Ródão», a cerca de dois quilómetros e meio do local em que as chamas lavram neste momento, mas em termos de risco apenas estão «alguns tractores agrícolas, que a qualquer momento serão retirados», precisou ainda a edil.

«As instalações da celulose não estão em risco nem nunca estiveram, porque o vento, além de fraco, sopra na direção contrária», concluiu a autarca.

A protecção civil já mobilizou para o local cinco meios aéreos, dois aviões de ataque inicial, dois helicópteros também de ataque inicial e um helicóptero de transporte de água de grande capacidade, refere a ANPC.

O incêndio tem uma frente activa, que está a consumir mato, estando as autoridades locais e distritais no local, junto à povoação do Gavião.

Em Portugal continental às 16:30 estavam cinco incêndios activos, quatro no distrito de Viano do Castelo e um em Castelo Branco.
Redação / PP