A Polícia Judiciária (PJ) anunciou, esta sexta-feira, a detenção de uma mulher de 23 anos, suspeita de ter ateado dez incêndios florestais, no Verão de 2010 e este ano, no concelho de Carregal do Sal.

Fonte da PJ disse à Lusa que a mulher, que se encontra desempregada, justificou os seus actos com «impulsos que não consegue controlar».

A mulher está «fortemente indiciada» de ter ateado incêndios em Julho e Agosto do ano passado e também nos dias 21 e 28 deste mês. «Só agora foi identificada, mas é suspeita de já no ano passado ter ateado oito focos de incêndio na mesma zona», referiu a mesma fonte.

Os incêndios dos últimos dias 21 e 28 terão consumido cerca de 600 e dois mil metros quadrados, respetivamente, acrescentou.

A mulher esteve a ser ouvida durante a tarde no Tribunal de Santa Comba Dão, tendo-lhe sido aplicada a medida de prisão domiciliária.
Redação / MM