O incêndio florestal que deflagrou, esta sexta-feira, na zona de Gandra, Paredes, provocou ferimentos em três elementos de uma equipa privada que combatia as chamas e em dois bombeiros de Baltar, todos sem gravidade, segundo a corporação.

As três pessoas que pertenciam à Afocelca, equipa de prevenção e combate criada por empresas do setor florestal, sofreram ferimentos após terem sido atingidos por uma mangueira, segundo informou fonte do comando de Baltar. A TVI24 apurou que os três bombeiros terão sido atropelados acidentalmente.

Um dos bombeiros sofreu ferimentos considerados graves, enquanto os outros dois são feridos ligeiros.

Às 17:35, o incêndio encontrava-se em fase de rescaldo após ter lavrado desde as 13:15 em zona de mato, tendo envolvido um meio aéreo no combate.

No local encontravam-se 88 bombeiros, apoiados por 33 viaturas.

Há equipas junto a zonas habitacionais e fábricas, a título preventivo.

Não há estradas cortadas, confirmou fonte da GNR à TVI24.