A diretoria do Norte da Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem de 23 anos suspeito de ter ateado fogo a uma habitação no Porto, na madrugada de sábado, informou hoje aquele órgão de polícia criminal.

Segundo um comunicado da PJ, o suspeito terá ateado fogo, “com recurso a chama direta”, ao colchão da cama de um dos quartos da habitação onde residia.

Deste incêndio, de acordo com a investigação, resultaram “danos consideráveis” em todo o imóvel.

O suspeito, estudante residente em S. Cosme, Gondomar, foi detido no passado sábado e foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de apresentação periódica no posto policial da área de residência.

O detido terá ainda de sujeitar-se a tratamento à dependência do álcool.