Um homem de 52 anos foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) de Vila Real por suspeita de ter ateado um incêndio florestal que colocou em perigo área agrícola em Chaves, anunciou esta quinta-feira a força policial.

Em comunicado, o Departamento de Investigação Criminal da PJ de Vila Real, com a colaboração do Núcleo de Proteção Ambiental da GNR de Chaves, refere que procedeu à identificação e detenção do homem suspeito de ter ateado um incêndio florestal em Chaves, na terça-feira, que consumiu área florestal, “constituída maioritariamente por mato”.

 “O incêndio colocou em perigo área agrícola, constituída por vinha, olival, amendoal e pomar, uma mancha florestal, constituída por mato, pinheiro bravo e carvalho, bem como de habitações, de valor consideravelmente elevado, que apenas não foram consumidas devido à rápida intervenção dos populares e dos bombeiros”, destaca a nota.

O detido, com 52 anos, sem ocupação laboral, vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação, refere ainda.

/ LF