A GNR anunciou hoje ter identificado dois homens suspeitos do crime de incêndio florestal, na sequência de queimas de sobrantes florestais, nos concelhos de Oliveira de Frades e de Nelas.

Segundo a GNR, os dois homens, de 82 e 73 anos, foram identificados pelo Núcleo de Proteção Ambiental de Viseu, na quarta-feira e hoje, respetivamente.

Os incêndios, registados em 25 e 26 de fevereiro, "tiveram origem em queimas de sobrantes florestais, em que os suspeitos perderam o controlo do fogo, consumindo uma área de 2.000 metros quadrados de eucalipto e pinheiro bravo", explica.