A Polícia Judiciária (PJ) está a investigar vários artefactos incendiários que foram encontrados em diversas zonas do concelho de Vila de Rei, distrito de Castelo Branco. A informação foi confirmada à TVI por fonte policial. 

Os incêndios, sublinhou fonte da PJ citada pela Lusa, tiveram da parte dos alegados autores um “conhecimento e preocupação significativa”, nomeadamente porque os pontos e o momento escolhido, “cerca das 14:40, foram de forma a potenciar prejuízos patrimoniais e até pessoais”.

Elementos da diretoria do Centro da PJ estão no terreno e continuam a investigação à ocorrência.

VEJA TAMBÉM:

O incêndio no concelho de Vila de Rei, que a Proteção Civil esperava dominar durante a madrugada, dura há mais de 36 horas e mobilizava, pelas 01:30, quase 1002 operacionais, apoiados por 315 viaturas. O fogo estendeu-se ao concelho de Mação.

Vários incêndios deflagraram no distrito de Castelo Branco ao início da tarde de sábado. Dois com origem na Sertã e um em Vila de Rei assumiram maiores dimensões, tendo este último alastrado, ainda no sábado, ao concelho de Mação, distrito de Santarém.

As chamas também já atingiram habitações, num número ainda não quantificado pelas autoridades, depois de durante a tarde de domingo as chamas terem ameaçado dezenas de aldeias, segundo autarcas.