Pelas 10h30 a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) registava 17 incêndios em curso, dos quais os que lavram na Guarda, Braga e Viana do Castelo estão a ser combatidos por mais de 700 homens.

Os incêndios que juntam mais meios são os dois activos no concelho de Seia, no distrito da Guarda, onde as chamas lavram em Carvalhal da Loiça há quatro dias e em Aldeia da Serra desde quarta-feira.

O primeiro está a ser combatido por 157 operacionais, com 44 veículos e dois meios aéreos, enquanto o segundo junta no combate às chamas 258 operacionais, com o auxílio de 75 veículos e um meio aéreo.

Em Calcedónia, Terras de Bouro (Braga), uma frente activa é combatida por 142 homens e 36 veículos e em Mezio/Travanca, em Arcos de Valdez (Viana do Castelo) estão empenhados no combate às chamas 148 homens, 29 veículos e um meio aéreo.

Estão ainda activos incêndios no concelho de Penafiel (Porto) e em Vila Boa, concelho de Castro Daire, no distrito de Viseu, que são combatidos por 147 operacionais, 36 veículos e dois meios aéreos.

Segundo o portal da ANPC, está dominado o incêndio em floresta que lavrava em Moinho do Buraco, Oliveira do Hospital, no distrito de Coimbra, e que é combatido por 97 operacionais, 20 veículos e quatro meios aéreos.
Redação / CP