A Polícia Judiciária (PJ) anunciou, esta sexta-feira a identificação de uma mulher por suspeitas de autoria de seis incêndios florestais, na última segunda-feira, em Campelo, Baião. 

O fogo terá sido provocado com recurso a isqueiro, em zona de matos e carvalhos, num aparente quadro depressivo profundo e de dependência de álcool", anuncia a PJ em comunicado. 

A identificação da suspeita foi feita em colaboração com a GNR do Posto Territorial de Baião.

A mulher, de 42 anos, foi constituída arguida e internada no serviço de psiquiatria de uma unidade hospitalar, "por tempo ainda não especificado".

 
Manuela Micael