O número de mortes em Portugal na transição de fevereiro para março foi inferior à média para o mesmo período nos últimos cinco anos, uma situação que não se verificava desde junho, segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE).

O boletim estatístico sobre mortalidade no contexto da pandemia da covid-19 divulgado hoje indica que entre 22 e 28 de fevereiro houve 2.506 mortes, menos oito do que a média, e entre 01 e 07 de março houve 2.299, menos 174 mortes do que a média das mesmas semanas entre 2015 e 2019.

Destes óbitos, 13,1% dos que aconteceram na última semana de fevereiro e 9,3% dos da primeira semana de março foram atribuídos à covid-19.

/ RL