A ministra da Saúde confirmou, nesta sexta-feira, que existem quatro novos casos confirmados de Covid-19 em Portugal, elevando assim o número total para 13. De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral de Saúde (DGS), existem 354 casos sob vigilância e o número total de casos suspeitos situa-se nos 181.

Do total de casos confirmados, onze são referentes a homens e dois a mulheres. Quatro foram registados em Lisboa e os restantes nove no Porto. Ainda são escassas as informações sobre os quatro novos casos anunciados por Marta Temido, em Bruxelas, e confirmados várias horas depois pela DGS.

Sexo Idade Hospital Local de Contágio
Masculino 60 Santo António, Porto Itália
Masculino 33 São João, Porto Espanha 
Masculino 60 São João, Porto Portugal
Masculino 37 Curry Cabral, Lisboa Portugal
Masculino 44 São João, Porto Itália
Feminino 40-49 Curry Cabral, Lisboa Itália
Masculino 49 São João, Porto Portugal
Masculino 50 São João, Porto Itália
Masculino 42 Curry Cabral, Lisboa Portugal
Masculino 40-49 São João, Porto Portugal
Masculino 40-49 São João, Porto Portugal
Feminino 70-79 São João, Porto Portugal
Masculino 50-59 Centro Hospitalar de Lisboa Central  Portugal

Caso número 1 - Trata-se de um médico, com 60 anos, que terá sido contagiado com o Covid-19 durante uma viagem ao norte de Itália. Apresentou os primeiros sintomas no dia 29 de fevereiro e encontra-se internado no Hospital de Santo António, no Porto. Exerce funções no Hospital Padre Américo, em Penafiel, que pertence ao Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa.

Caso número 2 - Um homem, de 33 anos, comercial na área da construção civil e que terá sido infetado em Valência, Espanha, onde esteve em trabalho. Teve os primeiros sintomas a 26 de fevereiro e está internado no Hospital de São João, no Porto. 

Caso número 3 - Um homem, com idade entre 60 e 69 anos que, segundo a DGS, esteve em contacto, em Portugal, com o comercial na área da construção civil e que terá sido infetado em Valência, Espanha. Recebeu a visita do primeiro-ministro, António Costa, no Hospital de São João, no Porto, e comunicaram por gestos

Caso número 4 - Mais um caso que a DGS confirmou que contraiu a infeção depois de ter estado em contacto com um dos infetados em Portugal. Trata-se de um homem, de 60 anos e encontra-se internado no Hospital Curry Cabral, em Lisboa. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, visitou este e outros dois pacientes internados nesta unidade hospitalar

Caso número 5 - Trata-se de um docente, de 44 anos, da Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo (ESMAE), do Porto, onde as aulas já foram suspensas. Os alunos e docentes foram aconselhados a permanecer em isolamento social. O homem tinha regressado de uma viagem a Itália. 

Caso número 6 - Foi o primeiro caso de uma mulher infetada com o novo coronavírus. Não se sabe a idade certa, apenas que tem entre os 40 e os 49 anos. É professora de físico-química em duas escolas da Amadora, na Escola Básica Roque Gameiro e na Escola Secundária da Amadora. Está internada no Hospital Curry Cabral, em Lisboa, depois de ter estado em Itália. 

O diretor do agrupamento de escolas, Francisco Marques, explicou que a escola não obrigou a professora ficar em casa quando soube que veio de Itália, porque “a escola não se sobrepõe ao SNS”, que mandou a docente ir trabalhar, depois desta ter contactado a linha de Saúde 24.

Cinco turmas da Escola Básica Roque Gameiro e uma turma da Escola Secundária da Amadora foram notificadas de que iriam ficar em isolamento social até dia 13 de março.

O filho da professora estuda no Externato Grão Vasco, em Benfica, que também decidiu suspender, por precaução, as aulas até à próxima terça-feira.

Caso número 7 - Outro homem de 49 anos com ligação a um caso confirmado em Portugal. Está também no Hospital de São João com uma situação clínica estável.

Caso número 8 - Um homem de 50 anos que veio de Itália, onde participou na Feira de Calçado de Milão, e está no Hospital de São João, com uma situação clínica estável. Trabalha numa fábrica de calçado, em Lousada, que foi encerrada pela DGS. Os 64 trabalhadores foram colocados de quarentena.

O homem viajou acompanhado pelo filho do dono da empresa que, entretanto, não apresentou sintomas do novo coronavírus.

Numa fase inicial e ainda assintomático, o trabalhador apresentou-se a um serviço de saúde, onde fez um despiste do vírus que deu negativo e foi mandado para casa. No entanto, dias mais tarde, os sintomas surgiram e um novo teste confirmou que o funcionário estava infetado com Covid-19.

Caso número 9 - Trata-se de um homem de 42 anos que está internado no Hospital Curry Cabral, em Lisboa. A DGS confirmou que se tratava do quarto com ligação a casos confirmados a nível nacional. 

Caso número 10 - Trata-se de um homem, com idade entre 40 e 49 anos, que está internado no São João. O contágio ocorreu em Portugal, através de um caso confirmado.

Caso número 11 - Trata-se de um homem, com idade entre 40 e 49 anos, que está internado no São João. O contágio ocorreu em Portugal, através de um caso confirmado.

Caso número 12 - Trata-se de uma mulher, com idade entre 70 e 79 anos, que está internada no São João. O contágio ocorreu em Portugal, através de um caso confirmado.

Caso número 13 - Trata-se de um homem, com idade entre 50 e 59 anos, que está internado no Centro Hospitalar Lisboa Central. O contágio ocorreu em Portugal, através de um caso confirmado.

O surto de Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, pode causar infeções respiratórias como a pneumonia. Em termos mundiais, já provocou 3.398 mortos e infetou mais de 100 mil pessoas.

Depois da China, o país mais afetado pela epidemia, surgem a Coreia do Sul (6.593 casos e 42 mortes), Irão (4.747 casos e 107 mortes), Itália (4.636 casos e 197 mortes).

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou o surto de Covid-19 como uma emergência de saúde pública internacional e aumentou o risco para “muito elevado”.

Cláudia Évora