«A Confap manifesta a sua preocupação e desentendimento face às discordâncias que foram conhecidas nas últimas semanas, esperando que possam ser resolvidas rapidamente e com o empenho de todos em defesa da escola pública, por forma a garantir as condições necessárias para a realização do PET [Preliminary English Test] e assim contribuir para salvaguardar o interesse das crianças e jovens», lê-se na moção aprovada a 28 de março, em assembleia-geral da Confap, e divulgada na quinta-feira no site da confederação.