A Câmara de Ílhavo suspendeu até ao dia 22 todos os eventos culturais promovidos nos espaços geridos pelo projeto cultural municipal, bem como as iniciativas para crianças e jovens, escolas e comunidade sénior, informou esta terça-feira a autarquia.

A medida, tomada após ter sido detetada a presença de uma pessoa infetada com o Covid-19 em iniciativas culturais que decorreram no município nos dias 06 e 07 de março, pretende salvaguardar a população sujeita a maior risco e acautelar possíveis efeitos de contágio do novo coronavírus.

Todas as iniciativas que estavam previstas para a Casa da Cultura, em Ílhavo, o Cais Criativo, na Costa Nova, o Laboratório de Artes, no Teatro Vista Alegre, e a Fábrica de Ideias, na Gafanha da Nazaré, ficam assim sem efeito.

Em comunicado, o município do distrito de Aveiro diz ter sido informado pela Administração Regional de Saúde do Centro da presença de um cidadão infetado com o Covid-19, como espetador, no Palheta, o festival de Robertos e Marionetas, que decorreu em diversos espaços da Gafanha da Nazaré.

De acordo com a câmara, este espetador terá assistido a três espetáculos (Discursos “O Triunfo da Palavra”, na Fábrica das Ideias, “L’après-midi d’un Foehn”, na escola secundária, e “Error 404”, na junta de freguesia).

A câmara refere que os participantes dos referidos espetáculos devem contactar a autoridade de saúde, através dos números de telemóvel 910 700 272 ou 910 700 762, para informação acerca dos procedimentos a observar face à eventual infeção pelo novo coronavírus.

A autarquia disponibiliza igualmente o contacto 234 329 625 (entre as 09:00-12:30 e as 13:30-17:00) para eventuais esclarecimentos e apoio aos munícipes.

Participantes devem contactar médicos

Os participantes de quatro espetáculos nos concelhos de Albergaria-a-Velha e Ílhavo, onde esteve uma pessoa infetada com Covid-19, devem contactar delegados de saúde pública, através de linha dedicada, apelou a Administração Regional de Saúde do Centro.

A ARSC apela a que os participantes nos eventos ocorridos naqueles concelhos do distrito de Aveiro contactem a Autoridade de Saúde através dos números de telemóvel 910 700 272 ou 910 700 762, uma linha dedicada temporariamente para os frequentadores daqueles eventos.

"As pessoas devem contactar esse número para que lhe sejam transmitidas informações e recomendações sobre como proceder em virtude de, entre os participantes desse espetáculo, ter sido detetado um doente confirmado com infeção pelo novo coronavírus", afirmou João Pedro Pimentel.

Do outro lado da linha estarão delegados de saúde pública do Agrupamento de Centros de Saúde do Baixo Vouga.

"A doença, apesar de poder ser grave, é benigna na maioria das vezes. Contudo, para proteger os doentes e a comunidade e evitar que a doença progrida ou se transmita a outras pessoas é necessário que cada um esteja atento aos sinais e sintomas e siga as instruções que lhe forem dadas", referiu.

As medidas poderão ir do isolamento profilático a uma vigilância mais passiva, entre outros, disse.

"Não há razão para se ficar preocupado com este apelo. Razão haveria se as pessoas não fossem contactadas", vincou.

Segundo João Pedro Pimentel, foi diagnosticado o Covid-19 ao doente infetado na madrugada de domingo para segunda-feira.

/ AM