Um homem, de 53 anos, foi detido no Recife, Brasil, e extraditado para Portugal para cumprir uma pena de 19 anos e seis meses de prisão pela prática de vários crimes.

De acordo com comunicado da Polícia Judiciária (PJ), em causa está um crime de homicídio agravado; dois crimes de homicídio agravado na forma tentada e ainda um crime por posse de arma proibida.

A extradição, lê-se na nota enviada por aquela autoridade, surge no cumprimento de um mandado de detenção internacional pelos crimes praticados em 2015, na região de Santarém.

Já no decorrer do julgamento, o arguido ausentou-se do país para residir no Brasil, onde foi posteriormente detido.

O homicida vai agora permanecer no Estabelecimento Prisional de Lisboa, para cumprir a pena a que foi condenado.