Uma mulher foi atacada e arrastada para debaixo de água por um crocodilo com mais de três metros, enquanto dava um mergulho noturno, perto do hotel onde estava hospedada, em Puerta Vallerta, no México.

Kiana Hummel, uma jovem norte-americana de 18 anos, tinha decidido dar um mergulho noturno na companhia de uma amiga, quando um crocodilo apareceu e mordeu-lhe a perna. A jovem tentou lutar contra o animal, chegando mesmo a libertar-se da mordida do animal.

No entanto, o animal de 3,6 metros de comprimento voltou à carga e atirou-se ao lado esquerdo do corpo de Hummel, arrastando-a para debaixo de água. Em declarações à cadeia de televisão ABC 30, Kiana admitiu que não conseguiria voltar a libertar-se “uma segunda vez”.

 A violência do ataque fez com que um grupo de pessoas que se encontrava por perto fosse em auxílio da jovem, conseguindo libertar Kiana e afastar de vez o crocodilo.

Honestamente, eu nunca esquecerei o momento em que a cabeça do crocodilo apareceu sobre a água”, recordou a jovem, que classificou a experiência como “uma das mais assustadoras" que teve.

Cerca de 45 minutos depois do incidente chegou a ambulância que transportou a jovem para o hospital. Kiana foi transferida para os Estados Unidos onde vai ser operada. Na rede social TikTok a jovem brincou com a situação, num vídeo em que chega a mostrar o dedo do meio ao animal, afirmando: "Este não conseguiste arrancar".

/ IC