Uma mulher de 27 anos foi detida pela Polícia Judiciária por ser suspeita de ter tentado matar o filho, de 7 anos de idade, enquanto este estava internado num hospital de Lisboa.

Os crimes de ofensas à integridade física graves ocorreram entre abril e junho deste ano, incialmente em casa e depois no hospital.

A jovem administrava, de forma "deliberada", uma substância de natureza tóxica ao filho.

Tais atos produziram efeitos graves sobre a integridade física da criança, provocando-lhe agravamentos sucessivos do estado de saúde e acabando por lhe colocar a vida em risco", referiu a PJ em comunicado.

A detida já foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.