A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta segunda-feira a detenção de oitos suspeitos de assaltos violentos a um número indeterminado de pessoas, depois de as aliciar para supostos encontros amorosos através de «chats» (programas de conversação) da Internet, escreve a Lusa.

«Uma vez nos locais dos encontros, as vítimas eram surpreendidas pelos elementos do grupo, manietadas e despojadas dos seus pertencentes», conta a PJ, em comunicado, precisando que os crimes foram cometidos na cidade do Porto entre Novembro de 2006 e Fevereiro de 2007.

A polícia confirma dois roubos por este método, mas admite a ocorrência de mais casos similares, «não denunciados por motivos relacionado com a privacidade das vítimas».

Ao grupo, detido quinta-feira, são ainda imputados quatro assaltos a pensões da Baixa do Porto.

Estes crimes - afirma a PJ - «não têm relação com os restantes, tendo sido motivados por meras razões de oportunidade».

No âmbito da operação, a PJ realizou quatro buscas domiciliárias e um veículo, apreendendo dois automóveis e uma arma branca utilizados nos assaltos.

O Tribunal de Instrução Criminal do Porto determinou a prisão preventiva para cinco dos outros detidos, ficando os três restantes sujeitos a apresentações periódicas à polícia.
Portugal Diário