Oito pessoas foram transportadas esta quinta-feira para o Hospital Amadora-Sintra devido a uma intoxicação por monóxido de carbono numa habitação na localidade de S. Marcos, Cacém, concelho de Sintra, Lisboa, disse à Lusa fonte da proteção civil.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Lisboa disse à Lusa que as oito pessoas, consideradas feridos ligeiros, foram transportadas ao hospital por causa da inalação de fumos.

Entre os feridos estão dois bebés de meses e uma criança de cinco anos, contou à TVI24 o comandante dos bombeiros de Agualva-Cacém, que acrescentou que inicialmente os bombeiros foram chamados por causa da indisposição de uma pessoa.

Porém, quando estavam já a caminho do hospital, o acompanhante da pessoa indisposta começou a dar sinais de que também se estaria a sentir mal, tendo na altura os bombeiros pedido reforços para a casa onde tinham recolhido os doentes, por suspeitarem de intoxicação, o que se viria a confirmar. No quarto onde estavam as oito pessoas assistidas estava uma braseira que terá causado a intoxicação por monóxido de carbono.

O alerta, segundo o CDOS, foi dado às 5:33.

No local estiveram 12 operacionais, com o apoio de cinco veículos.